domingo, 15 de agosto de 2010

Hallelujah

 Quando assisti o Filme Sherek uma música me chamou a atenção, ela se chama Halleluja (Aleluia), uma palavra Hebraica que significa Louvai a Jah,( Jeová) senhor e criador de todo o Universo. Jeová traduzido significa Deus ou Senhor, vem do Verbo Ser.
Bem, eu poderia ficar aqui falando sobre os vários significados das palavras hebraicas e sua etimologia (parte da gramática que estuda a origem ou história das palavras), acho isso interessantíssimo, mas acredito não ser a pessoa certa para fazer isso, tendo em vista que sei pouco ou quase nada sobre o assunto.
A música me veio a mente hoje porque no filme do Ogro Sherek, ela toca no momento em que ele se sente totalmente abatido, sem chão, desiludido por um mal entendido. Quantas vezes magoamos pessoas que gostamos por causa dos mal entendidos. Quando estudei Marketing na universidade, tinha um assunto que se chamava ruídos de comunicação, que é nada mais que aquilo que atrapalha a comunicação entre o comunicador e o receptor de uma mensagem, por isso precisamos tomar cuidado quando dizemos ou escrevemos algo, pois nem sempre aquilo que tentamos dizer é o que o receptor entende.
Voltemos a música, uma linda canção que fala sobre louvar o Senhor, porém, uma letra um tanto triste, até melancólica, tentei entender o por que de o autor escolher a palavra "Hallelujah" para falar de uma dor, uma decepção, um momento triste, pois esta palavra está ligada as festividades, aos hinos de louvores, a vitória. a única coisa que me veio a cabeça, foi que mesmo diante das dificuldades, nos momentos em que tudo está perdendo o sentido, as coisas parecem não fluir, são nesses momentos que crescemos, que estamos mais perto de Deus. Nesses momentos quando nosso coração está vazio, as decepções estão nos levando a acreditar que nada dará certo, é nesse momento que nosso coração está aberto para o novo, para algo que ainda não conhecíamos, mas que pode ser a resposta para tudo aquilo que buscamos durante todo tempo. Então, quando tudo está parecendo ruir, é o momento de dizer Hallelujah, é a hora de acreditar que tudo o que vivemos até agora foi apaenas aprendizado para vivermos melhor o que começa de hoje em diante. Quem assistiu o Filme sabe que foi tudo um mal entendido, um ruído na comunicação, e que no final todos se acertaram. Hallelujah.

Hallelujah

I’ve heard there was a secret chord
That David played and it pleased the Lord
But you don’t really care for music do you?
It goes like this – the fourth, the fifth
The minor fall, the major lift
The baffled King composing Hallelujah

Hallelujah, hallelujah, hallelujah, hallelujah

Your faith was strong but you needed proof
You saw her bathing on the roof
Her beauty in the moonlight overthrew you
She tied you to a kitchen chair
She broke your throne, she cut your hair
And from your lips she drew the hallelujah

Hallelujah, hallelujah, hallelujah, hallelujah

Maybe I’ve been here before
I know this room, I’ve walked this floor
I used to live alone before I knew you
I’ve seen your flag on the Marble Arch
Love is not a victory march
It’s a cold and it’s a broken hallelujah

Hallelujah, hallelujah, hallelujah, hallelujah

There was a time when you let me know
What’s real and going on below
But now you never show it to me, do you?
And remember when I moved in you
The holy dark was moving too
And every breath we drew was hallelujah

Hallelujah, hallelujah, hallelujah, hallelujah

Maybe there’s a God above
And all I ever learned from love
Was how to shoot at someone who outdrew you
And it’s not a cry you can hear at night
It’s not somebody who’s seen the light
It’s a cold and it’s a broken hallelujah

Hallelujah, hallelujah, hallelujah, hallelujah
Hallelujah, hallelujah, hallelujah, hallelujah

Aleluia

Eu ouvi que havia um acorde secreto
Que Davi tocou e louvou ao Senhor
Mas você não se interessa mesmo por música, não é?
É assim - a quarta, a quinta
A menor cai, a maior ascende
O rei perplexo compondo aleluia

Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia.

Sua fé era forte, mas você precisou de provas
Você a viu se banhando do telhado
A beleza dela sob a luz do luar te arruinou
Ela te amarrou numa cadeira da cozinha
Ela destruiu seu trono, cortou teu cabelo
E dos seus lábios ela extraiu a aleluia

Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia.

Talvez eu já tenha estado aqui antes
Eu conheço este quarto, eu andei neste chão,
Eu costumava viver sozinho antes de conhecer você.
Eu vi sua bandeira no arco de mármore
O amor não é uma marcha vitoriosa
É um frio e triste aleluia

Aleluia, aleluia, o aleluia, aleluia.

Houve uma época em que você me deixou saber
O que realmente contecia lá embaixo
Mas agora você nunca me mostra isso, não é?
E lembra de quando eu me aproximei de você
A escuridão sagrada foi junto também
E cada suspiro que déssemos era aleluia

Aleluia, aleluia, aleluia, o aleluia.

Talvez lá haja um Deus acima
E tudo que eu sempre aprendi sobre o amor
Foi como atirar em alguém que te desarmou
E isso não é um choro que você pode ouvir à noite
Não é alguém que vê a luz
É um frio e triste aleluia

Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia, aleluia, aleluia, aleluia,
Aleluia