sexta-feira, 14 de junho de 2013

O que não estamos percebendo com esses protestos pelo Brasil?




Protestos em São Paulo - O Globo
A princípio parecia mais um dos muitos protestos que ocorrem na cidade de São Paulo pelo menos uma vez por semana. Quem assim como eu trabalha no Centro Velho ou na Região da Avenida Paulista já se acostumou ao gritos, apitos e microfones de sindicatos das mais variadas categorias.
Mas desta vez notamos algo de diferente, se angana quem acredita que são motivados apenas pelo aumento da tarifa dos transportes públicos, algo que tem acontecido com uma constância, (se não me falha a memória), anual.
As manifestações de agora tem um diferencial por não ser mais a demanda de um grupo ou categoria, as reivindicações são de todos nós, paulistanos, paulistas e brasileiros.

ônibus pichado com o valor da tarifa - Veja
O Brasil e em especial a cidade de São Paulo estão a cada dia trazendo para o cidadão um custo de vida mais elevado, tudo é muito caro por aqui.
A carga tributária brasileira é uma das mais altas do planeta, e recai principalmente sobre os menos favorecidos e a classe média. 
Os serviços públicos de toda espécie são péssimos, os governantes tomam decisões que não atendem os anseios da sociedade, que tem que engolir tudo a seco e sem reclamar.
Os protestos que estão se espalhando pelo Brasil, tenho a impressão, tentam chamar a atenção dos poderosos e da grande mídia, para o fato de que o povo não aguenta mais pagar por uma administração pública caríssima e corrupta e não participar das decisões e nem das discussões.
Os governos tem tomado decisões cada vez mais unilaterais, não tem consciência de que deve satisfação a população, que o levou até o poder e que paga seus impostos.
Tropa de Choque para conter manifestantes - O Estado
Nestes protestos cada um tem suas demandas, e acredito que 99% delas são legítimas.
Gastou-se bilhões do dinheiro público na construção de estádios para a Copa do Mundo de 2014, e vai se gastar muito mais tendo em vista as Olimpíadas de 2016, porém o legado que ficará para a população será o do superfaturamento de obras, nada de melhorias para quem aqui vive e paga seus impostos.
O governador e o Prefeito de São Paulo querem trazer ainda para cá a Expo-2020, o que geraria ainda mais gastos com eventos pontuais, que não trarão benefícios reais para a população, como disse outro dia no Programa Roda Viva da TV Cultura o arquiteto Paulo Mendes da Rocha.
Portanto é totalmente aceitável ver nestes protestos gente de quase todas as classes sociais espalhadas no meio da multidão, cada um pode ter seus motivos particulares, mas no final das contas a demanda é de todos nós.
Cada um tem sua maneira de protestar, desde que não descambe para a violência, todas elas são legítimas.
Não cale aquilo que te incomoda.


"No dia em que o povo acordar, os governantes não conseguirão dormir"