quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Sou Brasileiro. Cansei! Basta!

Desilusão

Hoje desde que acordei não parei de pensar em como é difícil ser brasileiro, seja qual for a sua classe social, desde que se tente "andar na linha", ou seja, se você for alguém honesto, correto, digno e trabalhador; terá grandes dificuldades em sobreviver por aqui. Agora, alguém que deseja prosperar por estas terras "tupiniquins" terá com certeza em vários momentos de sua trajetória que enfrentar o dilema: compro alguém para facilitar meu caminho ou tento escalar as barreiras que são impostas a quem tem princípios? Bom, este texto na verdade é um desabafo, não tenho a pretensão de ser lido por muitas pessoas, nem de abrir os olhos da sociedade para uma virada de jogo. Este texto tem apenas o objetivo de expressar a a indignação que se instala em minha mente a cada dia. Machado de Assis no prólogo de seu Memórias Póstumas de Brás Cubas, brinca com o leitor dizendo esperar que 5 ou 2 pessoas leiam seu livro, um "Best Seller", como não sou escritor, não conheço técnicas de marketing para dizer aqui neste Blog o que as pessoas desejam ouvir. Os desejos e necessidades do publico provavelmente não serão satisfeitos, se alguém teve coragem para vir ate aqui, e portanto já percebeu que não vou jogar para a torcida, sugiro que pare a leitura, vá ate o Google Search e procure uma revista de fofocas ou celebridades. Acredito com muita esperança e dedos cruzados que umas 5 pessoas vieram ate aqui, e uma 2 terão coragem para continuar. Bom, quase fugi do assunto. Quem lê jornal, assiste ao noticiário televisivo ou participa de redes sociais, deve estar minimamente por dentro da "bandalheira" que tem sido a política nacional, e o problema não é exclusivo deste ou daquele partido, o problema esta enraizado em todo o sistema político brasileiro e em todas as instituições publicas nacionais. Portanto, culpar este ou aquele grupo político por tanta corrupção, no mínimo soa ingenuidade ou ignorância sobre o tema. Se existisse um grupo realmente interessado em melhorar a imagem da política nacional, com certeza receberia o apoio irrestrito da população, se não temos propostas concretas, nem vemos uma luz vinda de nenhum grupo é porque não existe nenhum "partido do bem". Todos desejam o poder simplesmente para receber as regalias que ele oferece, por isso quando chegam no topo, fazem o mesmo que outra já fizeram; aparelham o Estado, compram apoio com cargos, colocam os "camaradas" em postos estratégicos e fazem o possível para se perpetuarem comandando. Para esses sangue-sugas da sociedade é muito cômodo, fazem o que querem com o dinheiro que pagamos compulsoriamente ( tente não pagar impostos, quer dizer, na maioria das vezes paga-se impostos sendo honesto ou não) e se forem pegos com a boca na botija, pedem demissão, a opinião publica os esquece, pois tem outros escândalos vindo a reboque, seus processos ficam parados nos tribunais superiores onde não há interesse em que esses sujeitos paguem pelos crimes que cometeram, e em breve eles estarão de volta a vida publica, sendo tratados pela imprensa e pela mídia em geral como "super stars". Sou um brasileiro médio, como a maioria da nossa população; estudei muito tempo em escola publica, terminei o ensino médio em uma escola particular. Quando quis ter uma graduação, tive que pagar, pois o ensino que tive na escola publica não me deu condições de pleitear uma vaga nas universidades publicas, que tem bom ensino e abrigam que pode pagar escola particular de qualidade. Quando comprei um carro, paguei uma infinidade de impostos que o fizeram ser um dos carros mais caros do mundo. Detalhe, todo ano pago IPVA, Seguro Obrigatório, e como moro em São Paulo, pago Inspeção Veicular Ambiental Obrigatória. Na gasolina tem uma taxa chamada CIDE, sua criação se deve a conservação de vias, porém, se pego uma rodovia, tenho que pagar pedágio, se por um descuido passar por um radar acima da velocidade terei multa, e olha que tem todo tipo de velocidade, de 10Km/h a 120km/h. Apesar de toda essa gama de impostos, taxas e contribuições, não me sinto seguro, então pago uma seguradora privada, em torno de 2.000,00 por ano. Bom, tudo que compro automaticamente é tributado, então muitos especialistas dizem que temos um sócio, o governo, mas não recebemos nossa parte nos lucros, entramos nessa sociedade sem querer, e o que recebemos em troca são apenas os prejuízos. Ah, já ia me esquecendo, apesar de ter um sócio riquíssimo, de pagar por tudo que uso ou compro, tenho que pagar plano de saúde se não quiser morrer de gripe ou diarreia na fila do SUS. Eu poderia ficar aqui falando sobre esse assunto por dias, meses anos, afinal, literatura sobre o assunto não falta, no entanto seria chover no molhado. Este post não tem nenhuma pretensão, como um brasileiro, cansado de ser enganado, roubado e tributado, ele se contenta com migalhas, nem reclamar ele consegue mais...