domingo, 18 de setembro de 2011

Amigo Sabe Tudo


Sabe Tudo
 Recebi esse E-mail de um amigo e gostaria de compartilhar com os amigos que visitam o Blog.




  

Poucas pessoas são mais desagradáveis do que aquelas que acham que sabem tudo. Para tudo têm opinião e nada do que você lhes diz é novidade. O indivíduo é o sabichão, domina todas as áreas do conhecimento; enfim, é bom em tudo, desde pular amarelinha até física quântica. Discutir com ele? Nem pensar! É impossível; ele não se entrega. Todo mundo vê que ele está errado, menos ele. Conviver com gente assim não é fácil.
Eu tinha um amigo assim. Toda novidade que eu ia contar, ele já sabia. Ou ao menos dizia que sabia. Um dia, resolvi colocá-lo à prova sem ele saber, mas sem expô-lo, também. Falei que eu estava lendo um livro muito bom de um autor superfamoso. Ele me perguntou o nome do autor e eu, propositadamente, inventei um nome na hora. Ele me disse que tinha ouvido falar muito bem desse escritor, mas que ainda não havia tido a oportunidade de ler uma obra inteira dele, só lera algumas citações. Ri por dentro e confirmei: ele não sabe tudo, mas quer que todo mundo pense que sabe.
Esse tipo de pessoa é, na verdade, gente que ainda precisa de autoafirmação, que ainda pensa que as pessoas o valorizam por aquilo que ele tem ou conhece. Tive um professor na faculdade que dizia: “A ignorância é atrevida!” É isso mesmo; tem um montão de gente por aí falando tanta bobagem e não têm noção daquilo que estão falando. Uma pena!
Aprendi que não é errado não saber algo. O mundo do conhecimento é amplo demais. Nem que vivêssemos mil anos ou que fôssemos perfeitos e imortais, ainda assim a eternidade não seria tempo suficiente para aprender tudo. Então, que problema há com o bom e velho: “Eu não sei”? Simples: se você não sabe algo, reconheça e aprenda. Não é vergonha não saber; vergonha é não querer aprender.
Lembre-se de que o mais importante não é saber tudo, mas ser amigo de quem sabe! Deus sabe todas as coisas. Todos os segredos do Universo estão expostos aos Seus olhos. Ele criou tudo o que vemos, sentimos, ouvimos e cheiramos... Isso me traz uma tranquilidade muito grande. Não sou um sabe-tudo nem preciso ser. Meu Pai é, e sempre está disposto a me ajudar. E você é o sabe-tudo? Acho que não. Tenha um dia cheio de novas descobertas! Bom trabalho!