quarta-feira, 6 de outubro de 2010

AMOR, AMIZADE E DISTÂNCIA (por @JaneDiLello)

Tentarei expor aqui o que sinto sobre o amor, a amizade e a distância.
Amor, ah, o amor! O amor é o sentimento mais profundo e eterno, que nós, seres humanos, poderemos sentir e expressar por outro ser humano, pela natureza, pelos animais.
Amor... como podemos dizer que amamos ou que realmente sentimos o amor em nós? Qual a fórmula para dizer que amamos? O amor não tem fórmula, nem maneiras, nem modos, pois se constrói com a experiência, com a evolução humana, com o passar dos anos, com nosso crescimento como pessoa, como gente... quanto mais vivemos, mais aprendemos sobre o amor... e mais amamos.
Assim, o amor se constrói, assim podemos definir o amor e, por sobre esse amor, construir lindas, perenes amizades.
Ah, a amizade! Falar da amizade... Esse também é um sentimento que vamos adquirindo ao longo de nosso percurso como gente, com nosso crescimento, com nosso caráter.
A amizade é um sentimento que, quando construído, podemos desfrutar o amor junto, que vem a ser o melhor da vida. Amigos sinceros, amigos irmãos, amigos leais, companheiros, amigos no amor.
Amigos... Amor... construídos ao longo dos anos, de uma vida, ao se deparar com o afastamento de alguém que, porventura tende a ficar longe de nós, daí nasce a distância.
A distância... costumo dizer que quem inventou a distância não imaginava o quanto ela iria doer quando temos amores e amigos distantes de nós. Essa distância não tem braços, mas como sabe apertar, como machuca! E machuca e aperta quando temos amores e amigos virtuais.
Amigos que enlaçamos apesar da distância. Amigos virtuais tão reais, tão amigos, que podemos dizer com acerto que, juntos, dão origem ao sentimento verdadeiro do amor.
Amor... Amigos... Distância...
Esses sentimentos que explodem em meu coração.
Por você, meu amigo real, virtual, a quem sinto tanto amor...
Jane Di Lello